20 de jul de 2014
Com o tempo se aprende tanta coisa, e com ele também se desaprende muito. Coisas que fazemos todos os dias, podem deixar de ser feitas dependendo da motivação que temos. Mudei de emprego e hoje meu trabalho me toma muito mais do tempo, e tenho visto como pensar em outras coisas nos mantém focados e nos tira a cabeça de coisas que pensávamos que nos dominavam. A comida por exemplo hehehe, é, pode ser engraçado mas eu tinha muito tempo para ficar em casa antes, e volta e meia estava procurando algo para comer. Óbvio que mantendo sempre opções saudáveis há mais de dois anos, mas sempre antes das 3 horas ( devidas) eu já pensava estar com fome. E hoje tenho intervalos curtos para pensar em fome, e percebo que não a sinto com tanta frequência como antes. Aí fiquei me analisando e descobri que não era fome o que eu sentia e sim ansiedade. Ansiosos por coisas aqui e ali, da vida, do trabalhos, da família e dos sentimentos. N problemas e situações que nos levam a ansiedade, e este sentimento que nos dá uma falsa sensação de queremos saciar algo. Erroneamente, despejamos nossas emoções em comida, se estamos triste comemos, e se estamos felizes comemos. Cheguei a conclusão de que o foco muda totalmente nossos refúgios emocionais, ou nossos escapes. Tem muita gente que sente até tremedeira achando que está com fome, e é apensar ansiedade, ou nervosismo. Tente fazer uma experiência, mude o foco. Foque em limpeza da casa, ou atividades físicas. Quem sabe uma saída com os amigos todas as quartas, ou ler um bom livro. Quem sabe aprender algo, fazer um curso, sair com a familia para passear, algo que tome mais seu tempo, que transfira suas emoções para que sua mente esteja tomada de outras coisas. Ou simplesmente coloque suas ansiedade diante daquele que conhece todas as coisas Deus. É fácil, não, absolutamente, eu sou prova de que não é fácil. Mas pode ser, se você tentar de todo seu coração. Tente aos poucos, vai dia após dia, assista um bom filme na hora crucial em que você percebe que sente aquela vontade incontrolável de comer, mesmo sabendo que não é fome, aquele desespero básico rsrs durante o dia por algo doce, faça algo doce por alguém. Quem sabe se inscrever em uma instituição que ajuda pessoas com várias finalidades. Bem, eu ando mesmo bem ocupada, e isto tem me feito bem. Para o corpo, e para a mente. Tirar o foco dos problemas e procurar soluções também é algo que ajuda muito. Não estou aqui dizendo que é moleza, porque eu sei que não é, mas não custa tentar. Quando você perceber que está satisfeito e ainda fica com aquela coisica abusada ahahahhaha te instigando a beliscar, tome seu livro ou sua atividade preferida e vá para longe da cozinha, ou na caminhada, faça caminho contrário ao das padarias e lanchonetes ahahaha...e foque em você. Não há investimento maior que você e sua vida.
Peço desculpas a quem tem sentido falta dos posts quase diários. Mas realmente ando sem tempo. Vou procurar postar mais vezes. Gosto de escrever, são momentos que me fazem também fugir do escape mais fácil, comer ahahahahaha. Hoje penso em mim, muito mais que em comer. Quem sabe conseguiremos vencer não é mesmo?

Big beijo!!

0 comentários:

Se você não tem coragem não adianta ter vontade...

Seguidores

Facebook

Instagram
Tecnologia do Blogger.

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Me acompanhe pelo e-mail

Google+ Badge

Pesquisar este blog